Deputados aprovam gratificação a professores de escolas integrais

Campo Grande (MS) – Os deputados estaduais aprovaram sete matérias durante a sessão plenária desta quarta-feira (17), sendo duas de autoria do Poder Executivo, em segunda discussão, incluindo o PL 60/2017, que acrescenta o artigo 3º-A à Lei 4.973/2016, que criou o Programa de Educação em Tempo Integral, denominado Escola da Autoria, em Mato Grosso do Sul.

A proposta institui a Gratificação de Dedicação Plena e Integral (GDPI), que corresponderá a 15% do vencimento-base do cargo de professor da carreira profissional da Educação Básica, classe A, nível I, 40 horas, aos 220 professores que atuam nas funções de docência e de coordenação pedagógica, submetidos ao Regime de Dedicação Plena e Integral (RDPI), nas 12 escolas estaduais de ensino médio inseridas no programa, sendo oito delas localizadas em Campo Grande.

Agência ALMS