Dirigentes escolares da Rede Estadual de Ensino assinam termo de compromisso pela qualidade da educação

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED) realiza na noite desta quarta-feira (16), no Ondara Palace, em Campo Grande, a assinatura do Termo de Compromisso e Pacto de Metas pela Qualidade da Educação pelos dirigentes escolares da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul e um encontro entre os diretores e diretores-adjuntos antigos e novos, com a presença do governador Reinaldo Azambuja e da secretária de Estado de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta.

De acordo com a professora Maria Cecilia, este é um momento para agradecer os diretores que estão saindo e selar um compromisso com os que estão chegando. “Os novos diretores vão assinar um termo de compromisso, um pacto pela educação de nosso Estado com as metas que o Governo tem que alcançar com relação à educação de Mato Grosso do Sul”, explica.

Na quinta-feira (17), a programação segue, a partir das 7h30, no Ondara Master, com a palestra “Liderança e Ética na Gestão Escolar”, de Claudio de Moura Castro. Economista, ele foi professor de diversas universidades no Brasil e no exterior, foi presidente da Capes e hoje preside o Conselho Consultivo da Faculdade Pitágoras, além de ser colunista quinzenal da revista Veja desde 1996. Após a palestra, os superintendentes da SED apresentarão a equipe da Secretaria. À tarde, acontece a transição de documentos entre os diretores e a apresentação dos trabalhos desenvolvidos em cada setor da SED.

Após a posse dos gestores eleitos, a SED oferecerá um novo curso, de aperfeiçoamento em Gestão e Avaliação da Educação Pública, com duração de 214 horas, para fortalecer os profissionais que estarão à frente das escolas e assim melhorar, cada vez mais, a qualidade da educação de Mato Grosso do Sul. Ao longo do curso, serão abordados temas como Políticas Públicas e Legislação Educacional, Avaliação e Indicadores Educacionais, Currículo e Políticas Curriculares e Gestão de Liderança. Os gestores deverão, ainda, elaborar um plano gestor, visando à aprendizagem dos estudantes, para ser executado no triênio 2016-2018.

Os diretores e diretores-adjuntos eleitos assumem as escolas em 1º de janeiro de 2016.