Escolas da Rede Estadual foram destaques em evento no Rio Grande do Sul, em outubro

Entre as conquistas das escolas da Rede, EE de Coxim recebe o 1º lugar e vai representar o Brasil em feira internacional nos Emirados Árabes.

Campo Grande (MS) – O último mês de outubro foi marcado por premiações e diversas conquistas para a Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE). Entre os dias 22 a 26, estudantes e professores da REE participaram da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), feira de ciência e tecnologia realizada anualmente pela Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, na cidade de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. Ao todo, sete trabalhos foram escolhidos para representar o Estado no evento.

Destinada à mostra de projetos de pesquisa científica e tecnológica nas diversas áreas do conhecimento humano, a feira abriu espaço para a apresentação de trabalhos desenvolvidos por alunos do Ensino Médio e da Educação Profissional de Nível Técnico, do Brasil e de outros países, principalmente da América Latina.

João Víctor foi um dos estudantes premiados

O Projeto de Pesquisa Científica da Escola Estadual Viriato Bandeira, de Coxim, foi um dos destaques na feira. Intitulado “Estudo da inativação do Trypanosoma Cruzi e da conservação do caldo de cana por meio da pasteurização”, o trabalho foi desenvolvido pelos estudantes João Víctor de Andrade dos Santos e Maria Eduarda Gobbi Pereira, com a orientação do professor da EE, Lucas Pereira Gandra, da professora Ângela Kwiatkowski – do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul/campus de Coxim – e pela professora Aline dos Santos Garcia Gomes, da FIOCRUZ/RJ.

Responsável por acumular mais de 20 prêmios em feiras científicas municipais, estaduais e nacionais, o projeto conquistou o 1° lugar em uma das áreas mais concorridas, de Biologia celular, molecular e microbiologia. O trabalho dos estudantes foi selecionado, ainda, para representar o Brasil na feira MILSET Expo-Sciences International, realizada de 22 a 28 de setembro de 2019, em Abu Dhabi – nos Emirados Árabes – com projetos do mundo todo.

Escolas finalistas

Estudantes da EE Amélio de Carvalho Baís foram finalistas na feira.

O projeto de pesquisa “O desperdício tem ctrl+z: A busca da ação antimicrobiana de um desinfetante de casca de laranja”, também participou como finalista na Mostratec-2018. O trabalho, desenvolvido pelas estudantes Larissa Daiane Ojeda e Thamiris Wolff Gonçalves, da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís – com a orientação das professoras Smenia Aparecida Moura e Lis Regiane Vizolli Favarin – recebeu o prêmio “Projeto destaque de Iniciação Científica”, concedido pela Associação Brasileira de Incentivo a Pesquisa (ABRIC).

Outra unidade de Campo Grande com destaque na feira foi a EE Teotônio Vilela, com o projeto de pesquisa cientifica “Ocorrência e distribuição de Leucena Leucocephala e seu efeito aleopático sobre Lactuca sativa var. crispa II”. Desenvolvido pelas alunas Thailenny Dantas Rezende – premiada com uma Bolsa de iniciação científica do CNPQ – e Bruna Tavares Silva, o trabalho recebeu a orientação dos professores Vagner Cleber de Almeida e Carlos César Gonzalez de Luna.

Premiações também se estenderam aos professores.

Seminário Internacional

Nos dias 24 e 25 de outubro, a cidade de Novo Hamburgo também recebeu o 25º Seminário Internacional de Educação Tecnológica (SIET), organizado pela Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha. Realizado em parceria com a Mostratec, o evento se consolidou como espaço dedicado à discussão e difusão das pesquisas tecnológicas e das metodologias de iniciação cientifica aplicadas às realidades socioprodutivas.

Com apresentações pautadas na reflexão sobre as transformações sociais e tecnológicas do mundo do trabalho, bem como, os desafios da formação profissional para as demandas na inovação tecnológica e social, o evento recebeu três apresentações realizadas por professoras da EE Amélio de Carvalho Baís:

  1. “Um Show de Química: Experimentação e Teatro como Abordagem no Ensino de Química” – profª Lis Regiane Vizolli Favarin;
  2. “Eletiva Educação e Tecnologia: Inserindo o ensino da linguagem de programação e o desenvolvimento de novas tecnologias em uma Escola Pública de Campo Grande-MS” – profª Carolina Moraes Lino e profª Juliana Jorge;
  3. “A química do perfume: uma proposta de oficina para o ensino de funções orgânicas oxigenadas” – profª Carolina Teixeira Laranjo Breda.

Mais informações sobre o evento e participação de outros estados, no site www.mostratec.com.br.