A favor da valorização da vida, Educação envia carta de alerta sobre riscos do “Desafio da Baleia Azul”

Campo Grande (MS) – Cartas que alertam sobre os riscos do “Desafio da Baleia Azul” são distribuídas pela Secretaria de Estado de Educação (SED) para pais de alunos que estudam na Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE). Assinada pela titular da secretaria, Maria Cecilia Amendola da Motta, a mensagem pede para que os responsáveis por crianças e jovens fiquem atentos a qualquer tipo de manifestação que fuja do cotidiano dos filhos.

Lançado na Rússia, o jogo virtual “Desafio da Baleia Azul” impõe aos participantes uma série de tarefas consideradas terríveis, entre elas a autoflagelação e o suicídio. “São desafios cruéis que estão envolvendo nossos jovens”, disse Maria Cecília. Por isso, conforme ela, é importante que pais prestem atenção a qualquer sinal fora do contexto do dia-a-dia dos jovens, encaminhando casos suspeitos às unidades de saúde.

Ainda de acordo com a secretária, programas de valorização à vida são desenvolvidos pela SED há tempos – entre eles os projetos Cultura, Arte e Paz (CAP) e Família e Escola. O objetivo é tratar de diversos assuntos com toda a comunidade escolar, entre eles a justiça, a igualdade, a solidariedade, o respeito e a valorização da vida.

Cumprindo agenda pública em Campo Grande nesta quinta-feira (20), o governador Reinaldo Azambuja falou sobre o assunto. “Os pais devem buscar orientações para que não se crie um estado de pânico”. Confira abaixo, na íntegra, a carta enviada aos pais e responsáveis pelos estudantes da Rede Estadual de Ensino.

Queridos pais,

A Secretaria Estadual de Educação alerta para os riscos do “Desafio da Baleia Azul” que vem atraindo jovens seguidores, especialmente pré-adolescentes e adolescentes que se comprometem com uma série de tarefas complicadas, a última delas o suicídio. Fiquem atentos a qualquer sinal de isolamento social e manifestação de tristeza ou agressividade. Essa situação pode estar ligada a uma etapa do jogo virtual.

Afeto, carinho, atenção, presença e amizade com os filhos são fundamentais para a proteção deles contra o “Desafio da Baleia Azul”, que impõe ao jovem as mais perversas tarefas, causando risco à vida.

Reforçamos que qualquer manifestação que fuja da normalidade do dia-a-dia das crianças e dos jovens deve receber atenção imediata dos pais.

Lembramos que a Secretaria Estadual de Educação possui canal de diálogo aberto com diretores e a comunidade escolar para que estratégias de ações sejam desenvolvidas junto às unidades.

Vamos proteger nossos filhos!

Maria Cecilia Amendola da Motta
Secretária de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul

Fonte: Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)