Estudantes da EJA de Caarapó participam de passeio cultural a cinema em Dourados

A Escola Estadual Arcênio Rojas, de Caarapó, pensando em ações enriquecedoras que demonstrem maior compreensão daquilo que se vê, exercitando a capacidade de expressão, sentir, pensar e enriquecer o poder de argumentação,  proporcionou no início do mês de Julho ida ao “Cine Araújo” na cidade de Dourados/MS, concretizando uma das ações do projeto: Aprender e Inovar, realizado com estudantes da 2ª Fase do Curso Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Para a Arte Educadora Jovania Maran, uma das idealizadoras do Projeto: “Esta oportunidade teve por objetivo ampliar a fonte de conhecimento, cultura e lazer dos estudantes da EJA e despertar subjetivo de todos que fazem parte da Escola, onde o indivíduo obtém práticas culturais em um ambiente diferenciado, que é o cinema. É nítida a relevância de inserir a arte do cinema no processo de ensino-aprendizagem por meio de uma visão interdisciplinar, aproximando o público estudantil da narrativa audiovisual.

E ainda ressalta que “A Escola tem um papel fundamental na formação do indivíduo e deve atuar de maneira dinâmica. Nós enquanto professores, temos que contribuir para que adultos e jovens desenvolvam suas habilidades e participem da vida coletiva orientada para melhoria de sua formação, para que as habilidades intelectuais, despertem o seu lado crítico.”

A Assistente de Atividades Educacionais, Rita Cirley, relata que “No intuito de acompanhar os estudantes da 2ª Fase da EJA e da equipe da Escola Arcenio Rojas, surpreendi-me com o resultado do passeio. Pude notar a satisfação, a simplicidade e a alegria tanto dos profissionais que ali estavam quanto dos estudantes. O Shopping era algo distante da realidade de vida de alguns estudantes, percebi em meio ao riso solto no cinema e, a ansiedade deles pelo novo.”

A estudante Adriele Silva Francisco, disse que “Nossa ida ao cinema foi muito bacana, é sempre bom sair um pouco da rotina. Aproveitamos para nos divertir com os colegas da turma e espairecer a mente, ampliando assim, o nosso conhecimento audiovisual, pois, sabemos que não é somente no ambiente escolar que adquirimos o crescimento pessoal.”

Já para a estudante Ingrid Karolaine da Silva Batista, “A programação diferenciada proporcionada pela Escola de ir até o cinema na cidade de Dourados/MS, oportunizou uma melhor interação entre o grupo, sendo uma noite proveitosa e divertida”.