SED abre inscrições para cursos profissionalizantes

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED) informa que estão abertas as inscrições para os cursos profissionalizantes. Com cursos técnicos que têm duração média de 18 meses e cursos de qualificação de 4 meses, a educação profissional prepara o estudante para inserção no mundo do trabalho e contribui para a elevação da escolaridade da população, integrando educação, trabalho, ciência e tecnologia.

Os interessados em ocupar uma vaga nos cursos da educação profissional deverão realizar a pré-matrícula no site da Matrícula Digital e responder ao questionário de Mapeamento de Perfil, até 19/11. A designação será no dia 20/11 e os selecionados deverão confirmar a matrícula na escola, pessoalmente, nos dias 20 e 21/11. Caso as inscrições superem o número de vagas, os candidatos serão submetidos a um processo de seleção a partir da nota no questionário.

A previsão de início das aulas é de 22/11 nos cursos presenciais e 24/11 nos cursos EaD. Confira aqui o quadro de vagas

Saiba mais

Técnico em Administração – Eixo: Gestão e Negócios – Os egressos do Curso Técnico em Administração são profissionais preparados para identificar novas situações, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Administração. Ao concluir o curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: executar operações administrativas relativas a protocolos e arquivos, confecção e expedição de documentos e controle de estoques; aplicar conceitos e modelos de gestão em funções administrativas; operar sistemas de informações gerenciais de pessoal e de materiais. O egresso do Curso Técnico em Administração poderá atuar em empresas e organizações públicas e privadas com atuação em marketing, recursos humanos, logística, finanças e produção.

Técnico em Agronegócio – Eixo: Recursos Naturais – Os egressos do Curso Técnico em Agronegócio estão preparados para identificar novas situações, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Agronegócio. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Promover a gestão do negócio agrícola; Coordenar operações de produção, armazenamento, processamento e distribuição dos produtos agrícolas e derivados; Coordenar as interrelações das atividades nos segmentos do agronegócio, em todas suas etapas; Planejar, organizar, dirigir e controlar as atividades de gestão do negócio rural; Promover ações integradas de gestão agrícola e de comercialização; Idealizar ações de marketing aplicadas ao agronegócio; Executar ações para a promoção e gerenciamento de organizações associativas e cooperativistas; Programar ações de gestão social e ambiental para a promoção da sustentabilidade da propriedade; Avaliar custos de produção e aspectos econômicos para a comercialização de novos produtos e serviços; Captar e aplicar linhas de crédito compatíveis com a produção; Implantar e gerenciar o turismo rural. O egresso do Curso Técnico em Agronegócio poderá atuar em propriedades rurais, estabelecimentos agroindustriais, empresas de assistência técnica, extensão rural e pesquisa.

Técnico em Agropecuária – Eixo: Recursos Naturais – Os estudantes egressos deste curso são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Agropecuária. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Manejar, de forma sustentável, a fertilidade do solo e os recursos naturais; Planejar e executar projetos ligados a sistemas de irrigação e uso da água; Selecionar, produzir e aplicar insumos (sementes, fertilizantes, defensivos, pastagens, concentrados, sal mineral, medicamentos e vacinas); Desenvolver estratégias para reserva de alimentação animal e água; Realizar atividades de produção de sementes e mudas, transplantio e plantio; Realizar colheita e pós-colheita; Realizar trabalhos na área agroindustrial; Operar máquinas e equipamentos; Manejar animais por categoria e finalidade (criação, reprodução, alimentação e sanidade); Comercializar animais; Desenvolver atividade de gestão rural; Observar a legislação para produção e comercialização de produtos agropecuários, a legislação ambiental e os procedimentos de segurança no trabalho; Projetar instalações rurais; Realizar manejo integrado de pragas, doenças e plantas espontâneas; Realizar medição, demarcação e levantamentos topográficos rurais; Planejar e efetuar atividades de tratos culturais. O egresso do Curso Técnico em Agropecuária poderá atuar em propriedades rurais, empresas comerciais agropecuárias, estabelecimentos agroindustriais, empresas de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, parques e reservas naturais, cooperativas e associações rurais.

Técnico em Comunicação Visual – Eixo: Produção Cultural e Design – Os egressos do Curso Técnico em Comunicação Visual são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Comunicação Visual. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Executar a programação visual de peças de diferentes gêneros e formatos gráficos (livros, portais, painéis, folders e jornais); Desenvolver e empregar elementos fundamentais e estéticos do processo de comunicação visual gráfica; Criar ilustrações, aplicar tipografias e desenvolver elementos de identidade visual; Aplicar e implementar sinalizações; Analisar, interpretar e propor a produção da identidade visual das peças; Controlar, organizar e armazenar arquivos e materiais de produção gráfica. O egresso do Curso Técnico em Comunicação Visual poderá atuar em empresas de comunicação e marketing, agência de publicidade, propaganda e promoção, escritórios de design, estúdios de design gráfico, editoras e gráficas.

Técnico em Cozinha – Eixo: Turismo, Hospitalidade e Lazer – Os egressos do Curso Técnico em Cozinha são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Cozinha. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Organizar a cozinha; Selecionar e preparar matérias-primas; Elaborar e organizar pratos do cardápio; Manipular alimentos, executar cortes e métodos de cozimento; Operar e manter equipamentos e maquinários de cozinha; Armazenar diferentes tipos de gêneros alimentícios, controlar estoques, consumos e custos. O egresso do Curso Técnico em Cozinha poderá atuar em restaurantes, bares e similares, meios de hospedagem, refeitórios, catering, bufês, cruzeiros marítimos e embarcações.

Técnico em eletrotécnica – Eixo: Controle e Processos Industriais – Os egressos do Curso Técnico em Eletrotécnica são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Eletrotécnica. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Projetar, instalar, operar e manter elementos do sistema elétrico de potência; Elaborar e desenvolver projetos de instalações elétricas industriais, prediais e residenciais e de infraestrutura para sistemas de telecomunicações em edificações; Planejar e executar instalação e manutenção de equipamentos e instalações elétricas; Aplicar medidas para o uso eficiente da energia elétrica e de fontes energéticas alternativas; Projetar e instalar sistemas de acionamentos elétricos e sistemas de automação industrial; Executar procedimentos de controle de qualidade e gestão. O egresso do Curso Técnico em Eletrotécnica poderá atuar em empresas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; empresas que atuam na instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e sistemas elétricos; grupos de pesquisa que desenvolvam projetos na área de sistemas elétricos; laboratórios de controle de qualidade, calibração e manutenção; indústrias de fabricação de máquinas, componentes e equipamentos elétricos; concessionárias e prestadores de serviços de telecomunicações; indústrias de transformação e extrativa em geral.

Técnico em Informática – Eixo: Informação e Comunicação – Os egressos do Curso Técnico em Informática são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Informática. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Realizar manutenção em computadores; Documentar montar, instalar, reparar e configurar computadores e dispositivos de hardware (periféricos); Identificar, Instalar e configurar sistemas operacionais e software aplicativos; Instalar sistemas operacionais, aplicativos e periféricos para desktop e servidores; Desenvolver e documentar aplicações para desktop com acesso à web e a banco de dados; Realizar manutenção de computadores de uso geral; Instalar e configurar redes de computadores locais de pequeno porte. O egresso do Curso Técnico em Informática poderá atuar em prestação autônoma de serviço e manutenção de informática, empresas de assistência técnica e centros públicos de acesso à internet.

Técnico em Logística – Eixo: Gestão e Negócios – Os egressos do Curso Técnico em Logística são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Logística. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Executar processos administrativos e atividades de apoio em recursos humanos, finanças, produção, logística e vendas; Atender fornecedores e clientes; Fornecer e receber informações sobre produtos e serviços; Tratar documentos variados; Realizar procedimentos de transportes, armazenamento e distribuição das cadeias de suprimentos; Agendar programa de manutenção de máquinas e equipamentos; Supervisionar processos de compras, recebimento, movimentação, expedição e distribuição de materiais e produtos; Prestar serviços de atendimento aos clientes. O egresso do Curso Técnico em Logística poderá atuar em instituições públicas, privadas e do terceiro setor.

Técnico em Manutenção e Suporte em Informática – Eixo: Informação e Comunicação – Os egressos do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Manutenção e Suporte em Informática. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Realizar manutenção em computadores; Documentar; montar, instalar, reparar e configurar computadores e dispositivos de hardware (periféricos); Identificar, Instalar e configurar sistemas operacionais e software aplicativos; Executar montagem, instalação e configuração de equipamentos de informática; Instalar e configurar sistemas operacionais, desktop e aplicativos; Realizar manutenção preventiva e corretiva de equipamentos de informática, fontes chaveadas e periféricos; Instalar dispositivos de acesso à rede e realizar testes de conectividade; Realizar atendimento help-desk. O egresso do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática poderá atuar em prestação autônoma de serviço e manutenção de informática e empresas de assistência técnica.

Técnico em Qualidade – Eixo: Gestão e Negócios – Os egressos do Curso Técnico em Qualidade são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Qualidade. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Auxiliar na análise e solução dos problemas de processo e qualidade; Aplicar ferramentas de qualidade para a melhoria da produtividade e satisfação dos clientes; Elaborar manuais, procedimentos, diagnósticos e relatórios de processos de qualidade das organizações; Registrar o controle da qualidade; Elaborar e executar auditorias internas da qualidade; Acompanhar auditorias externas; Divulgar os procedimentos de qualidade e propõe ações de informação e formação específica; Identificar inconformidades em serviços, produtos e processos e suas possíveis causas; Propor ações corretivas e preventivas. O egresso do Curso Técnico em Qualidade poderá atuar em Instituições públicas, privadas e do terceiro setor. Empresas de consultoria e de auditoria. Profissional autônomo.

Técnico em Química – Eixo: Produção Industrial – Os egressos do Curso Técnico em Química são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Química. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Realizar operação, monitoramento e controle de processos químicos industriais; Manusear, transportar e estocar materiais e produtos; Operar, controlar e monitorar processos industriais e laboratoriais; Avaliar atividades; Controlar a qualidade de matérias primas, insumos e produtos; Realizar amostragens, análises químicas, físico-químicas e microbiológicas; Desenvolver produtos e processos; Comprar e estocar matérias-primas, insumos e produtos. O egresso do Curso Técnico em Química poderá atuar em indústrias químicas, laboratórios de controle de qualidade, de certificação de produtos químicos, alimentícios e afins, laboratórios de ensino, de pesquisa e de desenvolvimento em indústrias ou empresas químicas, empresas de consultoria, assistência técnica, de comercialização de produtos químicos, farmoquímicos e farmacêuticos e estações de tratamento de águas e efluentes.

Técnico em Restaurante e Bar – Eixo: Turismo, Hospitalidade e Lazer – Os egressos do Curso Técnico em Restaurante e Bar são profissionais preparados para identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho em Restaurante e Bar. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio das seguintes competências: Criar e preparar coquetéis a base de bebidas, alcoólicas e não alcoólicas; Prestar atendimento e servir aos clientes; Controlar o estoque de bebidas, elaborar a lista de insumos e ficha técnica; Elaborar carta de coquetéis; Seguir os princípios das boas práticas de manipulação de alimentos e zelar pelas condições de segurança no local de trabalho; Desempenhar atividades de controle e avaliação de processos de organização, higiene e manipulação de alimentos em mesas, depósitos e cozinhas do local de trabalho; Realizar inventários de estoques de bebidas e utensílios de salão e bar; Recepcionar clientes; Oferecer produtos e serviços; Coordenar e supervisionar os serviços de mesa e coquetelaria; Aplicar técnicas de harmonização entre alimentos e bebidas. O egresso do Curso Técnico em Restaurante e Bar poderá atuar em bares, restaurantes, lanchonetes, bufês, meios de hospedagem e outros espaços de alimentação.

Auxiliar de Saúde Bucal (FIC) – Eixo: Ambiente e Saúde – Os profissionais Auxiliares de Saúde Bucal egressos deste curso deverão ser capazes de identificar novas situações, auto-organizar-se, tomar decisões, trabalhar em equipe multiprofissional, de forma ética, utilizando-se de conhecimentos e habilidades de forma interdisciplinar, aplicando-os para o alcance da qualidade do trabalho desenvolvido. Ao concluir o Curso, o estudante deverá ter domínio, sempre sob a supervisão do cirurgião-dentista ou do Técnico em Saúde Bucal, das seguintes competências: Organizar e executar atividades de higiene bucal; Processar filme radiográfico; Preparar o paciente para o atendimento; Auxiliar e instrumentar os profissionais nas intervenções clínicas, inclusive em ambientes hospitalares; Manipular materiais de uso odontológico; Selecionar moldeiras; Preparar modelos em gesso; Registrar dados e participar da análise das informações relacionadas ao controle administrativo em saúde bucal; Executar limpeza, assepsia, desinfeção e esterilização do instrumental, equipamentos odontológicos e do ambiente de trabalho; Realizar o acolhimento do paciente nos serviços de saúde bucal; Aplicar medidas de biossegurança no armazenamento, transporte, manuseio e descarte de produtos e resíduos odontológicos; Desenvolver ações de promoção da saúde e prevenção de riscos ambientais e sanitários; Realizar em equipe levantamento de necessidades em saúde bucal; Adotar medidas de biossegurança visando ao controle de infecção. Este profissional presta assistência ao cirurgião-dentista nos procedimentos odontológicos, além de auxiliar na gestão do consultório dentário e no atendimento e recepção do paciente/cliente. No âmbito dos estabelecimentos públicos, o Auxiliar de Saúde Bucal, também pode integrar as equipes multiprofissionais de Saúde da Família, que compõem a política pública de Estratégia Saúde da Família (ESF), junto a médicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, auxiliar de enfermagem ou técnico de enfermagem e agentes comunitários da saúde.

Administração – EaD – Eixo: Gestão e Negócios – O concluinte do Curso Técnico em Administração – Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios – Educação Profissional de nível médio, na modalidade Educação a Distância, atua de forma criativa, ética, empreendedora com consciência e responsabilidade frente ao impacto sociocultural de sua atividade. O Curso Técnico em Administração tem o propósito de qualificar profissionais para desenvolver atividades nas áreas de planejamento organizacional, na execução, controle e avaliação dos processos e nos ciclos de gestão, nos diversos tipos de empresas (agropecuárias, cooperativas, comerciais, industriais e prestadoras de serviço) e em instituições públicas. Os egressos do Curso Técnico em Administração têm como área de atuação os órgãos federais, estaduais, municipais e autarquias, fundações dentre outras instituições, empresas e organizações públicas e privadas com atuação em marketing, recursos humanos, logística, finanças e produção.

Técnico em Alimentação Escolar – Eixo: Desenvolvimento Educacional e Social – O Técnico em Alimentação Escolar constituir-se-á como sujeito portador de conhecimentos, saberes, princípio e valores que o institui e o credencia como gestor no interior do espaço escolar. Este profissional da educação compreenderá que na escola existem outros espaços de educação, e de vivencia coletiva e nos quais ele atuará como educador. Para ingressar no curso, o candidato deverá ter concluído ou estar cursando o ensino médio e ser funcionário do quadro permanente da educação pública, lotado na função de agente de merenda. Os profissionais formados pelo curso Técnico em Alimentação Escolar terão ampliados os seus conhecimentos sobre estrutura e funcionamento da educação básica. Além disso, estes colaboradores da educação não docente estarão habilitados para atuarem como parte do processo educativo.

Infraestrutura Escolar – Eixo: Desenvolvimento Educacional e Social – O Técnico em Infraestrutura Escolar constituir-se-á como sujeito portador de conhecimentos, saberes, princípio e valores que o institui e o credencia como gestor no interior do espaço escolar. Este profissional da educação compreenderá que na escola existem outros espaços de educação, e de vivencia coletiva e nos quais ele atuará como educador. Para ingressar no curso, o candidato deverá ter concluído ou estar cursando o ensino médio e ser funcionário do quadro permanente da educação pública, lotado nas funções de apoio escolar. Os profissionais formados pelo curso Técnico em Infraestrutura Escolar terão ampliados os seus conhecimentos sobre estrutura e funcionamento da educação básica. Além disso, estes colaboradores da educação não docente estarão habilitados para atuarem como parte do processo educativo.

Secretaria Escolar – Eixo: Desenvolvimento Educacional e Social – O Técnico em Secretaria Escolar constituir-se-á como sujeito portador de conhecimentos, saberes, princípio e valores que o institui e o credencia como gestor no interior do espaço escolar. Este profissional da educação compreenderá que na escola existem outros espaços de educação, e de vivencia coletiva e nos quais ele atuará como educador. Para ingressar no curso, o candidato deverá ter concluído ou estar cursando o ensino médio e ser funcionário do quadro permanente da educação pública, lotado na secretaria escolar. Os profissionais formados pelo curso Técnico em Secretaria Escolar terão ampliados os seus conhecimentos sobre estrutura e funcionamento da educação básica. Além disso, estes colaboradores da educação não docente estarão habilitados para atuarem como parte do processo educativo.